NÚCLEO DE PESQUISA CÊNICA: MEDICINA DE QUINTAL, por Mariana Gagliardi

A pesquisa, que integra o Núcleo de Pesquisa Cênica, propõe resgatar, registrar e compartilhar conhecimentos sobre o cultivo e o uso popular das plantas medicinais, um patrimônio cultural que, com o passar dos tempos, vem se perdendo por constituir uma tradição transmitida oralmente, de uma geração à outra. Para tanto, serão coletados, junto a pessoas interessadas em colaborar com a pesquisa, vídeos caseiros com seus depoimentos sobre os modos como cultivam e utilizam estas plantas. Além destes, também serão disponibilizados na internet, ao longo do projeto, vídeos explicativos acerca do histórico das plantas medicinais e as legislações vigentes no Brasil sobre o tema. A pesquisa conta com a parceria da produtora cultural Larissa Macena.

Se você cultiva plantas medicinais em casa e tem interesse em preservar e conhecer mais sobre esta cultura popular, será muito bem-vinde a colaborar com esta pesquisa. Basta ter acesso a um celular ou notebook para gravação e envio do seu vídeo e preencher, de 10 a 31/7, o formulário disponível no link: https://forms.gle/oy4qpVs7pfF8PEPg6

Confira o convite da Mariana:

Medicina de Quintal – Convite

Olha que convite bacana da produtora agroecológica Mariana Gagliardi! Ela vai coordenar a pesquisa “Medicina de Quintal”, atividade gratuita com inscrições abertas dentro do Projeto Território Cênico. Vem participar! Inscrições até 31/7 em http://ciacenica.com.br/sit/medicinadequintal/#TerritórioCênico2020 #Proac #Teatro #Live #Cultura #CulturaPopular #Fotografia #Dança #ArtesCênicas #Música #ContaçãodeHistória #Sarau #Literatura #SãoJosédoRioPreto #RioPreto

Publicado por Cia. Cênica em Sábado, 11 de julho de 2020


MARIANA GAGLIARDI é graduada em Agronomia e produtora cultural. Atua na produção e gestão ambiental/sustentável de eventos desde 2012. Entre as principais atividades realizadas estão: Gestão do Coletivo Agroecológico e Cultural Casa da Horta (2013-2019); Produção do Festival Capivara – Festival de Artes Integradas e Meio Ambiente (2013) e do Na Praça é de Graça – Movimento cultural de ocupação de espaços públicos (2012/2013).


0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.